Veterinária: acupuntura como tratamento para doenças

  • maio/2021
  • 659 visualizações
  • Nenhum comentário

A acupuntura é uma técnica milenar da medicina chinesa. Investigações arqueológicas apontam o uso de artefatos pontiagudos com fins terapêuticos ainda no período neolítico, há mais de 7 mil anos. O principal objetivo da prática é liberar neuropeptídeos em diferentes locais do corpo – tratam-se de substâncias químicas produzidas pelas células cerebrais.

Percebendo esses benefícios, em 1995 a Associação Brasileira de Acupuntura Veterinária (Abravet) conquistou o reconhecimento da técnica como uma prática veterinária. Com isso, a acupuntura passou a ser utilizada como exercício terapêutico no controle de diversas patologias em animais.

A prática envolve o conhecimento sobre anatomia, embriologia e fisiologia animal. Logo, o médico veterinário precisa ter qualificação específica para aplicá-la. Se empregada inadequadamente, pode causar problemas ao paciente.

Principais indicações para uso veterinário da acupuntura

O método de acupuntura baseia-se na inserção de agulhas em regiões específicas do corpo. As áreas são definidas como pontos de acupuntura ou acupontos, onde há maior concentração de terminações nervosas e sensoriais.

Em situações como um processo inflamatório, por exemplo, a técnica provoca efeito direto na regulação periférica da liberação de mediadores da inflamação e da dor.

Acupontos são áreas onde é possível manipular pontos vitais à restauração do organismo. Com isso, a acupuntura pode ser usada também como auxílio pós-operatório. A técnica pode, ainda, ser aplicada para tratar doenças como:

  • Gastrites;
  • Enterites;
  • Bronquite;
  • Arritmia cardíaca;
  • Alterações na micção;
  • Prostatite;
  • Cistite;
  • Epilepsia.

Muitas vezes, a acupuntura veterinária é relacionada ao tratamento de animais de pequeno porte, mas o procedimento também pode ser empregado em animais maiores. Bovinos e equinos são pacientes comuns de acupuntura – o que muda é o tamanho da agulha, inclusive mantendo os acupontos de cães e gatos.

Em cavalos, o método geralmente é feito em animais atletas, com o intuito de atenuar dores causadas por lesões. Nos bovinos, utiliza-se a acupuntura para aliviar estresse e ajudar a fortalecer o sistema imunológico.

No processo pós-cirúrgico, a acupuntura pode ser utilizada em conjunto com outras técnicas, como eletroestimulação, ultrassom e raio-laser. É importante atentar para não realizar a acupuntura em animais que estejam no período gestacional, tampouco nos que usam marcapasso.

Quer ficar por dentro dos assuntos mais recentes da área? Conheça o Programa de Atualização em Medicina Veterinária, desenvolvido em parceria com a Anclivepa.

Redação Secad
Matéria por

Redação Secad

O melhor conteúdo sobre a sua especialidade.

Deixe uma resposta

Tele-Vendas

(51) 3025.2597

Tele-Vendas Liga

Para você

Informações

(51) 3025.2550