Psiquiatria e cinema: a loucura de Van Gogh nos filmes

  • julho/2021
  • 150 visualizações
  • Nenhum comentário

In: PROPSIQ C10V4

Autores deste capítulo:

Thiara Cruz

Elie Cheniaux

DOI: https://doi.org/10.5935/978-65-5848-250-5.C0002

Resumo

Vincent van Gogh é um dos mais famosos e influentes pintores da história da arte moderna. Não apenas por seus quadros, mas também por sua doença mental, o pintor continua despertando o interesse de um grande número de pessoas. Com o objetivo de verificar como os filmes retratam a vida e o adoecimento de van Gogh, foram selecionadas 10 obras em que o pintor é representado por um ator. No geral, os filmes foram fiéis aos principais eventos da vida do pintor, divergindo, no entanto, a respeito das circunstâncias de sua morte. Apesar da discordância sobre o suicídio, as obras analisadas mostram que van Gogh apresentava sintomas compatíveis com o diagnóstico de transtorno bipolar

Palavras-chave

Transtorno bipolar; Criatividade; Vincent van Gogh; Arte; Cinema.

Degustação do capítulo

Não perca! Preencha o formulário e baixe uma degustação do capítulo:

Aquisição do capítulo

Para você ter acesso a esse e mais capítulos de psiquiatria, conheça o Secad

Detalhes deste capítulo:

Título Psiquiatria e cinema: a loucura de Van Gogh nos filmes
Autores Cruz, Thiara; Cheniaux, Elie
Assunto/Palavras-chave transtorno bipolar; criatividade; Vincent van Gogh; arte; cinema
DOI 10.5935/978-65-5848-250-5.C0002
Editora Artmed Panamericana
Ano de publicação 2021
Páginas 11-52
Secad Editorial

Secad Editorial

Tele-Vendas

(51) 3025.2597

Tele-Vendas Liga

Para você

Informações

(51) 3025.2550